Informação profissional para a indústria metalomecânica portuguesa
Cerca de trinta especialistas em digitalização reuniram-se e ligaram as máquinas em rede, implementando modelos de dados uniformizados para gerar e testar códigos

Grupo United Grinding acolhe segundo ‘hackathon’ da umati

09/10/2023

Em meados de junho, especialistas dos setores de maquinaria e de engenharia industrial reuniram-se pela segunda vez para realizar um novo hackathon da comunidade umati, cujo objetivo é impulsionar os avanços na conetividade e digitalização das máquinas-ferramenta. O hackathon deste ano centrou-se na ampliação da conetividade das gerações mais antigas de máquinas existentes utilizando a umati. Os especialistas reuniram-se na empresa especializada em retificadoras cilíndricas Fritz Studer AG, do Grupo United Grinding.

Um hackathon da umati consiste num encontro de cerca de trinta especialistas em digitalização dos setores da engenharia de máquinas e de instalações de diferentes indústrias que se reúnem e ligam em rede as máquinas, implementam modelos de dados uniformizados e geram e testam código durante dois dias. Depois de 2022, é o segundo evento do género, que este ano teve lugar em maio, em Steffisburg, na Suíça, na Fritz Studer AG, a especialista em retificadoras cilíndricas do Grupo United Grinding. “Como anfitriões deste evento, possibilitamos uma plataforma criativa que reúne programadores de diferentes empresas, não tendo em vista objetivos próprios, mas sim centrando-se sempre nas vantagens específicas para o cliente”, afirma Christian Josi, chefe de Engenharia Digital do Grupo United Grinding. Somos grandes defensores da umati e apoiámos a iniciativa desde o primeiro dia.

Um hackathon da umati consiste num encontro de cerca de trinta especialistas em digitalização dos setores da engenharia de máquinas e de instalações...
Um hackathon da umati consiste num encontro de cerca de trinta especialistas em digitalização dos setores da engenharia de máquinas e de instalações de diferentes indústrias que se reúnem e ligam em rede as máquinas, implementam modelos de dados uniformizados e geram e testam código durante dois dias.

A sigla ‘umati’ significa ‘Universal Machine Technology Interface’ e tem como objetivo apresentar uma interface de dados universal e independente do fabricante, para máquinas, baseada em OPC UA. Graças a esta interface, as máquinas do chão de fábrica podem comunicar entre si e com o seu ambiente de produção numa linguagem uniforme. A VDW e a VDMA são os promotores e patrocinadores desta iniciativa.

“A uniformização da comunicação e das interfaces é extremamente importante para as máquinas-ferramenta e para a indústria do futuro”, explica Alexander Broos, diretor de Investigação e Tecnologia da VDW e responsável pelo projeto umati. “Sem esta uniformização, não haverá transformação digital na produção. Uma linguagem uniforme é um requisito essencial para que as máquinas de diferentes fabricantes possam trocar dados. Esta linguagem uniforme só pode ser desenvolvida em colaboração com os diferentes fabricantes de máquinas”, afirmou o responsável.

Atualmente, participam na umati 310 parceiros de todo o mundo. Todos eles partilham o objetivo de facilitar o trabalho aos seus clientes e aumentar a produtividade na produção, aproveitando o potencial da digitalização. Isto é conseguido com a umati através da implementação da norma de comunicação e interface OPC UA, que agora pode ser utilizada para uma ampla gama de aplicações de máquinas-ferramenta através de numerosas subespecificações, as chamadas especificações complementares.

O segundo hackathon centrou-se na integração das máquinas-ferramenta existentes através da OPC 40501 ‘UA para máquinas-ferramenta’...
O segundo hackathon centrou-se na integração das máquinas-ferramenta existentes através da OPC 40501 ‘UA para máquinas-ferramenta’.

Vantagens da umati:

  • Visão geral rápida de todos os dados da máquina, do processo e da produção, uma vez que todas as máquinas podem ser ligadas a um sistema de supervisão, o que facilita consideravelmente a deteção do potencial de otimização na produção.
  • Plug&Produce, ou seja, a simples ligação de máquinas de diferentes fabricantes entre si e ao sistema de produção superior, sem necessidade de uma coordenação trabalhosa e de uma pré-configuração manual fastidiosa, o que permite poupar muito tempo e recursos.
  • A menor variedade de interfaces diferentes melhora a transparência e diminui a complexidade dos processos.

O mais recente hackathon centrou-se na integração das máquinas-ferramenta existentes através da OPC 40501 ‘UA para máquinas-ferramenta’. Embora as novas máquinas estejam predominantemente equipadas com a norma umati integrada, existe um grande potencial nas máquinas existentes, conhecidas como ‘brownfields’. As máquinas em geral, e as máquinas-ferramenta em particular, têm uma longa vida útil, podendo muitas vezes encontrar-se várias máquinas de diferentes anos de fabrico num mesmo processo de produção. No hackathon, os especialistas demonstraram de forma impressionante que a umati também é adequada para as máquinas existentes, independentemente do ano de fabrico e da marca.

Outra demonstração do hackathon de Steffisburg foi a implementação dos primeiros dados de consumo energético uniformizados da ampliação ‘Energy Monitoring’ da OPC 40001 ‘UA for Machinery’, atualmente em desenvolvimento. Os elementos consumidores acionados de modo elétrico e pneumático forneceram os respetivos valores numa linguagem uniforme na interface de dados. Este novo desenvolvimento é demonstra os avanços e adaptação da umati às necessidades em constante mudança dos clientes.

A umati conseguiu combinar a experiência de fabricantes que podem ser concorrentes no dia a dia, mas que estão dispostos a atingir um objetivo comum...
A umati conseguiu combinar a experiência de fabricantes que podem ser concorrentes no dia a dia, mas que estão dispostos a atingir um objetivo comum: impulsionar a digitalização e oferecer valor acrescentado aos seus clientes.
Uma das vantagens da umati é a capacidade de Plug&Produce, ou seja, de ligar máquinas de diferentes fabricantes entre si e ao software de produção.

O evento também foi um sucesso do ponto de vista de Christoph Plüss, CTO do Grupo United Grinding: “Fico sempre entusiasmado ao ver a dinâmica e o espírito de equipa que surgem quando especialistas de diferentes empresas trabalham juntos. A umati conseguiu combinar a experiência dos fabricantes numa iniciativa que pode até ser uma competição no dia a dia para perseguir um objetivo comum: impulsionar a digitalização e, assim, oferecer valor acrescentado ao cliente. Só unindo forças é possível criar e desenvolver uma norma industrial, e estou convencido de que este é o caminho certo a seguir e de que os nossos clientes também beneficiarão com isso”.

A uniformização da comunicação e das interfaces é determinante para o bom funcionamento da indústria do futuro

REVISTAS

Siga-nosWalter Tools Ibérica, S.A.U.

Media Partners

NEWSLETTERS

  • Newsletter InterMetal

    10/07/2024

  • Newsletter InterMetal

    03/07/2024

Subscrever gratuitamente a Newsletter semanal - Ver exemplo

Password

Marcar todos

Autorizo o envio de newsletters e informações de interempresas.net

Autorizo o envio de comunicações de terceiros via interempresas.net

Li e aceito as condições do Aviso legal e da Política de Proteção de Dados

Responsable: Interempresas Media, S.L.U. Finalidades: Assinatura da(s) nossa(s) newsletter(s). Gerenciamento de contas de usuários. Envio de e-mails relacionados a ele ou relacionados a interesses semelhantes ou associados.Conservação: durante o relacionamento com você, ou enquanto for necessário para realizar os propósitos especificados. Atribuição: Os dados podem ser transferidos para outras empresas do grupo por motivos de gestão interna. Derechos: Acceso, rectificación, oposición, supresión, portabilidad, limitación del tratatamiento y decisiones automatizadas: entre em contato com nosso DPO. Si considera que el tratamiento no se ajusta a la normativa vigente, puede presentar reclamación ante la AEPD. Mais informação: Política de Proteção de Dados

www.intermetal.pt

InterMETAL - Informação profissional para a indústria metalomecânica portuguesa

Estatuto Editorial